Monday, October 8, 2007

Muro das Lamentações

Dando início a uma nova rubrica, O Muro das Lamentações ou Raispartam o Mundo Em Que Vivemos!!!

Este nosso bloger anda com uma daquelas neuras raivosas. Não das que dá vontade de chorar ou de balir que nem uma cabra, mas sim uma pequena neurose de origem irritada, capaz de provocar dores lombares e fazer um homem adulto suar que nem uma jovem bronzeada ao sol.

Tendo em conta este cenário e visto que estamos no meu blogue, irei de seguida proferir uma correnteza de vilipêndios e escárnios que dizem respeito ao universo e a todos os que o habitam.

Ora bem, cá vai:

*oda-se-mais-ó-*aralho-deste-filhada*uta-de-mundo-pestilento-ca*rão-mal-cheiroso-e-da-*ona-da-tia(porquê da tia? nunca percebi...)-maisóca*alho(bis)-que-safossem-todos-afogar-na-mer*a-da-m*ita (adoro combinar líquidos fisiológicos) donde-vieram-maisóca*alho(tris) ca-*onadamãe-às-costas (da mãe? às costas? sentir as pilosidades do pito materno nas espaldas deve ser uma daquelas sensações bem estranhas...adiante) toda-escanchada-maisóca*alho(quarta vez, o que dá compreender a complexidade da língua portuguesa no que se refere ao escárnio). Sa-fossem-todos-apanhar-nap*ida(já cá faltava)-de-pretos-com-mas**rros-do-tamanho-do-ca*alho-maisóca*alho (falando de..) e sa-fossem-todos-*uder-cas-pu*as-das-ca*ronas (só para reforçar) do-ca*alho-que-os-*oda-dos-filhos-da-*uta-desses-ca*alhos (já perdi o fio à meada!) cheios-da-m*ita-até-às-orelhas (perdido por cem...) a-nadar-na-*uta-do-ca*alho-cheiodamer*a-c'um cheiro-a-boca-toda-esp***ada (e agora o grande final) maizóca*alhoc*sfo*átodos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Quem ficar escandalizado, ficou

Quem quiser que eu publique a versão não-censurada, é só avisar

Quem achar que pirei de vez, tem razão, mas defendo-me dizendo que a culpa é do sistema capitalista e desta sociedade desumanizada na qual nos encontramos

Quem achar que sou apenas um desgraçado carente, aviso que acertou em cheio e avanço que estou disponível para umas palmadas no rabinho.

Obrigado e tenham um boa existência

1 comment:

King Nothing said...

Quero versão não-censurada!!!